EUA acusa oito pessoas por crimes cibernéticos contra bancos

quarta-feira, 12 de junho de 2013 16:48 BRT
 

NOVA YORK, 12 Jun (Reuters) - Procuradores federais em Nova Jersey, nos EUA, anunciaram na quarta-feira acusações criminais contra oito pessoas que teriam tentado roubar pelo menos 15 milhões de dólares de consumidores norte-americanos em um esquema de crime cibernético internacional, visando contas em instituições financeiras e agências governamentais.

O procurador Paul Fishman disse que quatro dos acusados foram presos, dois estão sendo perseguidos pela polícia, e os outros dois, que são cidadãos ucranianos, estão foragidos.

Os promotores disseram que hackers conseguiram acesso não autorizado a redes de computadores de mais de uma dezena de entidades, incluindo a Automatic Data Processing Inc, Citigroup, JPMorgan Chase & Co, TD Ameritrade Holding Corp e o Departamento de Defesa dos EUA.

(Por Jonathan Stempel)