Apple avalia telas maiores e múltiplas cores para iPhone, dizem fontes

quinta-feira, 13 de junho de 2013 09:49 BRT
 

(Reuters) - A Apple está analisando lançar iPhones com telas maiores, assim como modelos mais baratos e com várias cores, no próximo ano, disseram quatro pessoas com conhecimento do assunto.

O movimento, que ainda está sendo discutido, destaca como a empresa com sede na Califórnia está cada vez mais sob ameaça da agressiva rival sul-coreana Samsung.

A Samsung tem tirado participação de mercado da Apple com a popularidade da linha de aparelhos Galaxy, que possuem telas maiores, e com estratégia de inundar o mercado com uma série de produtos com diferentes preços.

A Apple analisa introduzir pelo menos dois iPhones maiores no próximo ano, um com tela de 4,7 polegadas e outro com tela de 5,7 polegadas, disseram as fontes, que afirmaram que os fornecedores estão sendo procurados. As fontes, porém, acrescentaram que ainda não está certo se a Apple irá realmente lançar seu principal produto em tamanhos maiores.

"Eles estão constantemente mudando as especificações do produto quase que no último momento, então não há certeza sobre o protótipo final", disse uma pessoa com conhecimento direto ao assunto.

A Apple não quis comentar.

O atual iPhone 5 tem uma das menores telas entre os smartphones mais vendidos no mercado, onde os consumidores gastam mais tempo navegando na web. O Galaxy S4 da Samsung e Galaxy Note 2 têm telas de 5 polegadas e 5,5 polegadas, respectivamente.

Para este ano, a Apple deve lançar dois novos modelos, conhecidos como iPhone 5S, e uma versão mais barata com capa de plástico, disseram fontes da cadeia de suprimentos. Apple planeja disponibilizar o telefone mais barato em 5 a 6 cores para diferenciá-lo do modelo mais caro que tradicionalmente vêm apenas em preto e branco.

 
Visitantes testam iPhone em loja da Apple, em Pequim. A Apple está analisando lançar iPhones com telas maiores, assim como modelos mais baratos e com várias cores, no próximo ano, disseram quatro pessoas com conhecimento do assunto. 28/03/2013 REUTERS/Kim Kyung-Hoon