Samsung abre unidade no quintal da Nokia, na Finlândia

quinta-feira, 13 de junho de 2013 08:32 BRT
 

HELSINQUE (Reuters) - A Samsung abre um novo centro de pesquisa e desenvolvimento na cidade que abriga a sede da Nokia nesta quinta-feira, um movimento que reforça a ascensão da companhia sul-coreana sobre sua rival finlandesa, antiga líder de mercado de celulares inteligentes.

A nova unidade da Samsung, a primeira da companhia na região nórdica, ficará em Espoo, Finlândia. Detalhes sobre o quadro de funcionários e planos de investimento devem ser anunciados mais tarde.

A investida acontece depois que outras empresas de tecnologia abriram centros de pesquisa e desenvolvimento no país, incluindo a chinesa Huawei e a norte-americana Intel. A empresas procuraram se beneficiar da alta concentração de engenheiros e desenvolvedores de software na região, muitos dos quais já trabalharam na Nokia ou em negócios relacionados à empresa.

Nos últimos anos, a Nokia teve que cortar recursos, dispensando milhares de funcionários e vendendo o edifício-sede de aço e vidro em Espoo, passando a alugá-lo para preservar caixa.

Dados de mercado apontam a Samsung como atual líder no mercado de telefonia global, posição previamente ocupada pela Nokia. A dominância da empresa vem sendo particularmente exercida no rentável segmento de smartphones, com a vendas de mais aparelhos no primeiro trimestre do que suas quatro competidoras diretas combinadas.