Ebay está confiante em obter licença para PayPal na China

segunda-feira, 17 de junho de 2013 20:14 BRT
 

Por Alistair Barr

SÃO FRANCISCO, 17 Jun (Reuters) - O Ebay se tornará a primeira companhia estrangeira a obter uma licença financeira de pagamentos na China, previu o presidente-executivo John Donahoe, mas a varejista está evitando concorrer no mercado local, agressivo e dominado por empresas chinesas.

Donahoe vê "sinais encorajadores" das autoridades chinesas, mas disse que é quase impossível adivinhar quando sua unidade PayPal finalmente obterá a luz verde para operar na segunda maior economia do mundo, disse ele no Reuters Global Technology Summit nesta segunda-feira.

"Estou confiante de que o PayPal vai ser a primeira empresa de pagamentos não-doméstica a obter uma licença na China. Isso pode ocorrer em três meses ou cinco anos", disse Donahoe.

Não está claro se o PayPal terá que fazer isso por meio de uma joint venture com uma empresa nacional na qual deteria uma fatia minoritária, de 49 por cento, ou se a empresa poderá possuir uma participação majoritária, Donahoe acrescentou.

Empresas de Internet estrangeiras operam tradicionalmente em desvantagem contra os concorrentes locais, como Alibaba e Baidu no país, que se abriu formalmente ao negócio internacional há pouco mais de uma década, quando ingressou na Organização Mundial do Comércio. Os setores financeiro e de varejo em grande parte permanecem dominados por empresas domésticas, como o Bank of China e Alibaba.

"As evidências sugerem que uma empresa não-chinesa está em desvantagem. Optamos por não competir de forma agressiva", disse. Mas, "ao longo do tempo você vai ver a economia doméstica chinesa tentar se conectar com a economia global".

O Ebay faz cerca de 6 bilhões de dólares de negócios na China atualmente, e grande parte deste volume é de empresas chinesas vendendo para o resto do mundo.