Michael Dell pressiona acionistas a apoiarem sua oferta de compra

sexta-feira, 21 de junho de 2013 13:05 BRT
 

21 Jun (Reuters) - O bilionário fundador da Dell, Michael Dell, disse que iria se opor a qualquer recapitalização alavancada da empresa e pediu aos acionistas que votem a favor de sua oferta de compra, antes de uma reunião no próximo mês.

Dell fez sua argumentação em uma apresentação arquivada na Securities and Exchange Commission (SEC)-- órgão regulador do mercado de capitais norte-americano-- na sexta-feira, dizendo que manter qualquer parte da empresa pública enquanto ela se transforma iria afetar o preço das ações da Dell.

Isso, por sua vez, ameaçaria a percepção do consumidor e tornaria mais difícil manter os funcionários, disse ele.

Se a proposta de compra do fundador não convencer os acionistas, ele reiterou que vai permanecer com a empresa, mas disse que "também se oporá ao tipo de recapitalização alavancada imprudente que foi sugerida por outros".

O acionista ativista Carl Icahn, que diz que a oferta de Dell desvaloriza a empresa, prometeu na terça-feira aos acionistas que a empresa iria recomprar até 16 bilhões de dólares em ações se eles se juntassem à sua campanha para impedir a fabricante de computadores de tornar-se privada.

Michael Dell e a empresa de private equity Silver Lake querem que acionistas aceitem uma oferta de 24,4 bilhões de dólares, voltada para tornar a empresa privada, enquanto ela se transforma em uma consultoria de tecnologia para grandes empresas, nos moldes da International Business Machines Corp.

(Por Nicola Leske)