Sharp fará aliança com China Electronics para licenciar tecnologia de LCD

quinta-feira, 27 de junho de 2013 12:22 BRT
 

Por Mari Saito

TÓQUIO (Reuters) - A japonesa Sharp, uma das principais fornecedoras de telas para a Apple, anunciou nesta quinta-feira que formará uma aliança de 2,9 bilhões de dólares com a estatal China Electronics Corp. A parceria inclui acordo para a Sharp licenciar sua avançada tecnologia de economia de energia conhecida como IGZO.

A China Electronics, também conhecida como CEC, e que fornece equipamentos para o Exército da China, terá 92 por cento da aliança. A parceria vai abrir uma fábrica de telas de cristal líquido (LCD), com o objetivo de produzir em larga escala telas para televisores, notebooks e tablets em 2015.

O licenciamento da tecnologia IGZO, ou telas de óxido de índio-gálio-zinco, se encaixa na estratégia da Sharp para reforçar suas finanças. Em dezembro, a Sharp assinou um pacto com a Qualcomm, vendendo para a empresa norte-americana uma participação acionária por 120 milhões de dólares e concordando em desenvolver novas telas baseadas na tecnologia IGZO.

Telas IGZO têm um consumo de energia equivalente a um décimo das telas LCD convencionais, alta resolução e velocidades de reação mais rápidas.

 
Homem olha televisores Aquos da fabricante japonesa Sharp em loja de eletrônicos, em Tóquio. A japonesa Sharp, uma das principais fornecedoras de telas para a Apple, anunciou nesta quinta-feira que formará uma aliança de 2,9 bilhões de dólares com a estatal China Electronics. 14/05/2013 REUTERS/Toru Hanai