Site de investimento compartilhado Crowdcube prepara expansão

quarta-feira, 3 de julho de 2013 14:48 BRT
 

LONDRES, 3 Jul (Reuters) - O site britânico de investimento compartilhado Crowdcube, que permite que o público compre participações em pequenas empresas, está planejando uma expansão internacional, incluindo no Brasil, com meta de criar uma plataforma global que vincule investidores a negócios que precisam de capital.

Conforme os bancos contêm empréstimos por causa de regras mais rígidas de controle de capitais, a modalidade de financiamento via "crowdfunding", originada nos Estados Unidos como uma forma de levantar dinheiro para projetos criativos, se expandiu rapidamente.

"O objetivo último é criar uma rede de sites de crowdfunding em 25, 30 países... para que tenhamos uma plataforma global de investimento", disse Darren Westlake, presidente-executivo e co-fundador da CrowdCube. O site afirma ser o maior do mundo em aquisições de participações empresas pelo sistema.

"Como que o crowdfunding pode ter sucesso? A melhor forma é criar o maior público. E como você pode criar o maior público? Você faz isso com uma base global", disse Westlake.

Ele afirmou que o Crowdcube, que levantou 9,3 milhões de libras (14,1 milhões de dólares) desde que foi lançado em 2010, está trabalhando em uma série de joint-ventures.

O site lançou operações na Suécia e o Crowdcube Brasil deverá estar no ar nas próximas seis semanas. A empresa também está buscando parcerias incluindo nos Estados Unidos, Canadá, Austrália, México e Índia.

Dos 2,7 bilhões de dólares levantados via crowdfunding no mundo em 2012, apenas 116 milhões foram para compra de participações em empresas, segundo pesquisa da Massolution.

(Por Kylie MacLellan)