Sites da Internet se juntam a protestos contra vigilância dos EUA

quinta-feira, 4 de julho de 2013 20:19 BRT
 

4 Jul (Reuters) - A comunidade online se juntou nesta quinta-feira em apoio aos protestos contra a vigilância do governo dos Estados Unidos das atividades na Internet, uma prática recentemente exposta por um ex-prestador de serviço da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês).

Sites como Reddit e Mozilla apoiaram uma campanha em várias cidades dos Estados Unidos para "Restaurar o Quarto" - uma referência à Quarta Emenda da Constituição dos EUA, que protege os cidadãos contra busca e apreensão ilegais.

A home page do site Boing Boing, por exemplo, exibiu a seguinte mensagem para a NSA: "Feliz 4 de julho! Parem imediatamente a sua espionagem inconstitucional de usuários de Internet do mundo - O povo!".

O protesto ocorreu no dia em que os Estados Unidos comemoram o feriado do Dia da Independência.

No início da tarde, um grupo de mais de 400 pessoas se reuniu em Nova York e Washington, disseram os organizadores. Eles estimam que a participação total seja de mais de 10 mil em todo o país.

A NSA, em seu próprio site, disse: "A NSA não se opõe a qualquer protesto pacífico legal. A NSA e seus funcionários trabalham de forma diligente e legalmente todos os dias, o tempo todo, para proteger a nação e seu povo".

O ex-prestador de serviços para a NSA Edward Snowden foi acusado de espionagem após a divulgação de programas de vigilância da agência. Ele está há mais de uma semana em um aeroporto de Moscou à procura de um país para conceder-lhe asilo.

O protesto online foi lançado pela Internet Defese League, uma rede de mais de 30 mil sites e usuários de Internet cujo objetivo é protestar contra as tentativas de cercear a liberdade na rede.

(Por Toni Clarke em Washington)