Thomson Reuters suspende divulgação antecipada de dados de consumidor dos EUA

segunda-feira, 8 de julho de 2013 15:34 BRT
 

8 Jul (Reuters) - A Thomson Reuters disse nesta segunda-feira que suspenderá a divulgação antecipada a um pequeno grupo de clientes dos amplamente acompanhados dados do sentimento do consumidor dos Estados Unidos no índice Thomson Reuters/Universidade de Michigan.

O acordo está sujeito à aprovação do promotor-geral de Nova York, Eric Schneiderman, cujo gabinete pediu a suspensão da divulgação antecipada.

A empresa de notícias e informações tem um acordo com a Universidade de Michigan para permitir que alguns de seus clientes recebam os dados da pesquisa sobre o sentimento do consumidor dos EUA dois segundos antes de outros clientes. A distribuição da pesquisa para o público em geral ocorre com atraso de cinco minutos.

Schneiderman disse em comunicado que "os mercados devem ser justos para todos os investidores", e que a divulgação antecipada de uma pesquisa com possibilidade de mexer com os preços dos ativos prejudica o senso de justiça nos mercados.

O porta-voz da Thomson Reuters Lemuel Brewster disse que a estratégia da companhia de divulgar os dados antes para clientes que pagam uma tarifa é prática comum e amplamente aceita na indústria.

"A Thomson Reuters acredita fortemente que as companhias de notícias e informações podem legalmente distribuir dados não-governamentais e notícias exclusivas através de serviços pagos por assinantes", disse ele.

"É amplamente compreendido que empresas de notícias e informações competem por notícias exclusivas e conteúdo diferenciado para ajudar seus clientes a ficarem melhor informados para tomar decisões de investimento."

A investigação está em curso, segundo comunicado da Procuradoria-Geral.

O gabinete de Schneiderman está particularmente preocupado com o fato de alguns poucos clientes pagarem 6 mil dólares por mês para receber o dado da pesquisa com a Universidade de Michigan, divulgado duas vezes por mês, dois segundos antes de outros clientes, segundo uma fonte familiar com o assunto.   Continuação...