Estatal chinesa deve comprar fabricante de chips Spreadtrum

sexta-feira, 12 de julho de 2013 17:17 BRT
 

A fabricante chinesa de chips Spreadtrum Communications deve ser adquirida por uma estatal do país, num negócio de 1,78 bilhão de dólares que provavelmente vai melhorar suas relações com operadoras de telefonia móvel no país mais populoso do mundo.

Em uma oferta melhorada, uma unidade da estatal Tsinghua Holdings ofereceu pagar 31 dólares por cada American Depositary Share (ADS) da Spreadtrum, oferta 9 por cento acima do lance anterior, em junho.

Com sede em Xangai, a Spreadtrum desenvolve chips para smartphones, celulares e outros produtos eletrônicos de consumo. Ela fabrica chips para 2G, 3G e suporte padrões de comunicação sem fio para 4G.

A Spreadtrum, cuja maior parte de suas vendas ocorre na China e na Coreia do Sul, conta HTC e Samsung entre os seus clientes e teve receita de 720 milhões de dólares no ano passado.