Apple investiga morte de mulher que usava iPhone sendo carregado

segunda-feira, 15 de julho de 2013 08:48 BRT
 

CINGAPURA, 15 Jul (Reuters) - A Apple está investigando um acidente em que uma mulher chinesa foi morta por um choque elétrico ao atender uma chamada em seu iPhone 5 enquanto o aparelho estava sendo carregado, afirmou a empresa norte-americana de tecnologia nesta segunda-feira.

Na quinta-feira passada, Ma Ailun, mulher de 23 anos de idade da região ocidental de Xinjiang e aeromoça da China Southern Airlines, foi eletrocutada quando atendeu o celular que estava sendo carregado, afirmou a agência oficial de notícias Xinhua no domingo, citando a polícia.

"Ficamos profundamente entristecidos ao saber desse trágico incidente e oferecemos nossas condolências à família Ma. Nós vamos investigar a fundo e cooperar com as autoridades neste assunto", disse a Apple em um email.

A Apple não quis comentar detalhes, como se era um fato isolado ou não.

A irmã de Ma tuítou no microblog Sina dizendo que Ma havia desmaiado e morrido depois de usar seu iPhone 5 que estava sendo carregado, incentivando os usuários a ter cuidado em uma mensagem que se tornou viral no site.

Em abril, a Apple pediu desculpas aos consumidores chineses e alterou políticas de garantia do iPhone no seu segundo maior mercado depois de o serviço de pós-venda ter sofrido críticas por mais de duas semanas pela mídia estatal.

(Por Lee Chyen Yee)