Icahn renova pedido a acionistas para derrubar oferta de compra de Dell

quarta-feira, 17 de julho de 2013 13:01 BRT
 

SÃO PAULO, 17 Jul (Reuters) - O bilionário Carl Icahn renovou seu pedido para que os acionistas da Dell votem contra a oferta de compra de Michael Dell, em meio a relatos de que o fundador da empresa pode não ganhar apoio suficiente para sua oferta.

Acionistas da Dell deverão votar nesta quinta-feira um plano de Michael Dell e da empresa de private equity Silver Lake para fechar o capital da terceira maior fabricante de computadores, em um negócio de 24,4 bilhões de dólares.

No entanto, a Dell pode decidir adiar a votação para ganhar apoio para o negócio, disse uma pessoa familiarizada com o assunto na terça-feira.

Em uma carta aberta aos acionistas na quarta-feira, Icahn disse que o comitê especial da Dell deve permitir que a votação final seja concluída em 18 de julho, e não tentar adiar a votação para uma data posterior.

Icahn e a Southeastern Asset Management se opõem à proposta, argumentando que a oferta de ações de 13,65 dólar por papel desvaloriza "substancialmente" a empresa.

Michael Dell e Silver Lake não elevariam sua oferta, mesmo que uma votação sobre a oferta fosse adiada, disseram duas pessoas próximas do assunto na terça-feira.

(Reportagem de Nicola Leske)