Desaceleração da China atinge vendas de software, diz SAP

quinta-feira, 18 de julho de 2013 15:24 BRT
 

FRANKFURT/SÃO PAULO, 18 Jul (Reuters) - A produtora alemã de software corporativo SAP reduziu sua perspectiva de vendas para este ano, alertando que uma desaceleração na China está fazendo companhias em toda a Ásia a paralisar investimentos.

O ritmo de crescimento da China caiu para 7,5 por cento no segundo trimestre, o nono trimestre nos últimos 10 a registrar enfraquecimento na taxa.

"A desaceleração da China está impactando agora a indústria de tecnologia", disse o co-presidente-executivo da SAP, Jim Hagemann Snabe, a jornalistas, nesta quinta-feira.

O cenário está tendo um impacto sobre outras empresas na região. Companhias no Japão, Austrália e Nova Zelândia, particularmente, se tornaram mais hesitantes nos investimentos, disse Snabe.

A maior rival da SAP, Oracle, afirmou no mês passado que a Ásia e América Latina pesaram no resultado de vendas e assinaturas decepcionantes de software.

A companhia cortou a perspectiva para crescimento de receita de software e serviços relacionados para pelo menos 10 por cento em 2013 ante expectativa anterior de avanço entre 11 e 13 por cento.

Nos três meses encerrados em junho, a receita de software e serviços relacionados da SAP cresceu 10 por cento, para 3,35 bilhões de euros, menor crescimento em cinco trimestres e ligeiramente abaixo da expectativa do mercado de faturamento de 3,41 bilhões.

O lucro operacional também cresceu 10 por cento, a 1,22 bilhão de euros, praticamente em linha com as expectativas do mercado.

BRASIL   Continuação...