América Móvil avalia acordo entre KPN e Telefónica na Alemanha

sexta-feira, 26 de julho de 2013 18:50 BRT
 

CIDADE DO MÉXICO, 26 Jul (Reuters) - A operadora mexicana de telefonia América Móvil ainda vai decidir se apoia a proposta da KPN de vender sua unidade alemã para a espanhola Telefónica, disse o presidente da America Movil, Daniel Hajj, na sexta-feira.

A América Móvil detém 30 por cento de participação na operadora de telecomunicações holandesa KPN.

A empresa mexicana, controlada pelo bilionário Carlos Slim, perdeu cerca de 2 bilhões de euros com seu investimento na KPN desde o ano passado e o acordo proposto reduziria sua exposição à Alemanha, maior mercado de telefonia móvel da Europa.

"Vamos avaliar os termos e as condições da operação... quando forem apresentados aos acionistas da KPN, nós vamos tomar uma decisão", disse Hajj, genro de Slim, a analistas na sexta-feira.

(Por Elinor Comlay)