Regulador dos EUA investiga IBM por computação em nuvem

quarta-feira, 31 de julho de 2013 14:07 BRT
 

NOVA YORK, 31 Jul (Reuters) - Reguladores dos Estados Unidos estão investigando como a International Business Machine divulga sua receita no negócio de computação em nuvem, disse a empresa nesta quarta-feira.

A IBM disse que ficou sabendo da investigação, que está sendo feita pela Securities and Exchange Commission (SEC, a comissão de valores mobiliários dos EUA) em maio. A companhia não deu detalhes sobre o tema.

A empresa, que não divulga dados separados de sua receita com computação em nuvem, disse que pretende gerar 7 bilhões de dólares anualmente em receita a partir desse serviço até o fim de 2015.

No mês passado a IBM ampliou sua oferta de computação em nuvem com a aquisição de 2 bilhões de dólares da SoftLayer Technologies.

A IBM disse que está cooperando com a SEC e reiterou uma divulgação feita em maio de que o Departamento da Justiça estava investigando acusações de atividade ilegal por um ex-funcionário da IBM na Polônia, assim como transações na Argentina, Bangladesh e Ucrânia.

(Por Nicola Leske e Sinead Carew)