Comitê rejeita mudança e enfraquece proposta de Dell

quarta-feira, 31 de julho de 2013 14:18 BRT
 

NOVA YORK, 31 Jul (Reuters) - A oferta de 24,4 bilhões de dólares de Michael Dell e Silver Lake para comprar a Dell sofreu um duro golpe nesta quarta-feira, após o comitê especial da empresa rejeitar seu pedido para mudar regras de voto, em troca de uma oferta melhor para fechamento de capital da empresa de tecnologia.

O comitê especial, criada pelo conselho de administração da Dell para avaliar se os acionistas estavam recebendo o melhor negócio, se recusou a mudar as regras de votação, mas disse que estaria disposto a adiar a data de registro de voto.

Mais cedo, uma pessoa familiarizada com o assunto disse que Michael Dell e Silver Lake acreditavam que sua proposta fracassaria se não houvesse uma mudança na forma como são contados os votos dos acionistas.

Atualmente, a oferta precisa ser aprovada pela maioria dos detentores de ações da Dell, excluindo as detidas por Michael Dell. O grupo ofertante elevou na semana passada a oferta em 0,10 dólar por ação, sob condição de que o negócio seja feito se aprovado pela maioria dos detentores de todas as ações com direito a voto.

Alex Mandl, presidente do comitê, escreveu em uma carta ao grupo ofertante que "o comitê não está preparado para aceitar sua proposta. Porém, estamos dispostos a estabelecer uma nova data de registro de votação para a oferta de 13,75 dólares por ação sob as regras atuais de votação."

A data do registro determina quais acionistas da Dell podem votar a oferta. Uma pessoa familiar com o assunto disse que o comitê especial estaria disposto a adiar a data de registro para 10 de agosto, para que a votação ocorra em 10 de setembro.

Uma reunião de acionistas para votar a oferta sob as regras atuais está marcada para sexta-feira.

(Por Greg Roumeliotis)