Coreia do Sul critica decisão dos EUA sobre Apple

segunda-feira, 5 de agosto de 2013 16:25 BRT
 

SEUL, 5 Ago (Reuters) - O governo sulcoreano expressou preocupação nesta segunda-feira quanto à decisão dos Estados Unidos de anular a proibição de vendas de alguns modelos da Apple.

A administração Obama vetou uma proibição de um painel de comércio dos Estados Unidos sobre a importação e venda de alguns iPhones e iPads mais velhos, revertendo uma determinação que favorecia a sulcoreana Samsung sobre a Apple em sua longa disputa sobre patentes. O movimento foi veementemente criticado pela mídia da Coreia do Sul como "protecionismo".

"Expressamos preocupações com o impacto negativo que tal decisão teria sobre a proteção de direitos de patentes", disse o ministro do Comércio, Indústria e Energia, em comunicado.

A Samsung enfrenta uma decisão na sexta-feira para saber se alguns de seus celulares e tablets infringiram patentes da Apple e se deveriam ser proibidos de importação para os EUA.

Apple e Samsung, as duas maiores fabricantes de smartphones do mundo, travam uma guerra de patentes desde 2011, movendo múltiplos processos uma contra a outra, sobre design, interface e tecnologia de seus dispositivos.

A Comissão Internacional de Comércio (ITC, na sigla em inglês) dos EUA baniu em junho a importação e venda do iPhone 4, iPhone 3GS, iPad 3G e iPad 2 3G distribuído pela AT&T dizendo que os dispositivos violavam uma patente de propriedade da gigante sulcoreana de eletrônicos.

A Samsung também acusou a Apple de infringir três outras patentes, mas a ITC não concordou. Um porta-voz da Samsung disse nesta segunda-feira que a gigante da eletrônica recorreu da decisão da ITC em julho sobre as três patentes.

(Por Hyunjoo Jin)