Telekom Austria evita comentar suposta oferta de Carlos Slim

segunda-feira, 12 de agosto de 2013 16:27 BRT
 

VIENA, 12 Ago (Reuters) - A Telekom Austria evitou comentar sugestões nesta segunda-feira de que seu maior acionista, Carlos Slim, tentará tomar o controle da companhia depois que o bilionário mexicano fez uma oferta pelas ações que ainda não possui no grupo holandês de telecomunicações KPN.

Os resultados divulgados pela Telekom Austria mostram que a competição continua acirrada, mas o presidente-executivo da empresa, Hannes Ametsreiter, recusou-se a comentar a especulação sobre a oferta de Slim que levou as ações da companhia a subirem na sexta-feira.

A America Movil, que adquiriu grandes fatias da KPN e da Telekom Austria um ano atrás em sua primeira incursão na Europa, ofereceu 7,2 bilhões de euros (9,6 bilhões de dólares) na sexta-feira por 70 por cento da KPN.

"Claramente, não podemos comentar as intenções de nosso acionista, porque elas não nos foram informadas com todos os detalhes", disse Ametsreiter a jornalistas quando questionado se esperava oferta semelhante.

A oferta de Slim pela KPN é uma ameaça à rival Telefonica, que também fez uma oferta de 11 bilhões de reais no mês passado pela joia da KPN, a alemã E-Plus. As duas rivais juntas controlam cerca de 60 por cento do mercado latino-americano de celulares.

A Telekom Austria, por outro lado, não compete com a Telefonica em nenhum de seus mercados: Áustria, Bulgária, Croácia, Belarus, Sérvia, Eslovênia, Macedônia e Liechtenstein.

(Reportagem de Georgina Prodhan)