Subsidiária da Embratel investe US$400 milhões em novo satélite

quinta-feira, 15 de agosto de 2013 14:35 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 15 Ago (Reuters) - A subsidiária da Embratel e maior operadora de satélites da América Latina, Star One, anunciou nesta quinta-feira seu novo satélite, o Star One D1, no qual foram investidos 400 milhões de dólares e cujo lançamento está previsto para o primeiro trimestre de 2016.

O novo equipamento inicia a quarta geração de satélites da Star One, com foco na Banda Ka - tecnologia que disponibiliza Internet e banda larga de baixo custo via satélite.

O Star One D1 é o maior satélite já construído pela empresa e, segundo a companhia, garantirá a ampliação da oferta de capacidade satelital no Brasil, nas Américas do Sul e Central, incluindo o México.

O satélite será construído pela empresa canadense-americana Space Systems Loral e lançado ao espaço por foguete da empresa francesa Arianespace.

Atualmente, a Star One oferece capacidade de satélites para cerca de 500 empresas brasileiras, incluindo emissoras de TV, canais independentes e órgãos do governo.

Segundo a Embratel, o Star One D1 terá capacidade para atender futuras demandas que surgirão com as Olimpíadas de 2016, já que será lançado no início do ano.

(Por Luciana Bruno)