China aprova fusão entre Mediatek e MStar com condições

terça-feira, 27 de agosto de 2013 16:49 BRT
 

TAIPEI, 27 Ago (Reuters) - O Ministério do Comércio da China aprovou nesta terça-feira a fusão de 3,8 bilhões de dólares entre a fabricante de chip de Taiwan Mediatek e a MStar Semiconductor com condições, em meio a preocupações sobre o potencial monopólio no mercado de chips para TVs.

O regulador chinês disse que as duas companhias não podem colaborar no segmento de chips para televisores LCD, e a subsidiária da MStar que opera o negócio de chip para TV LCD terá de permanecer independente. Apenas chips de smartphones e outros negócios relativos à comunicação sem fio farão parte da fusão com a Mediatek.

A Mediatek decidiu comprar a rival MStar no ano passado para impulsionar sua competitividade no mercado de chips, que cresce fortemente, baseado no mercado de celulares e novos gadgets, como as televisões inteligentes.

A empresa disse que planeja adquirir de 40 a 48 por cento da MStar por meio da oferta e que posteriormente comprará o restante da companhia.

A Mediatek e a MStar divulgaram comunicados separados depois da decisão do ministério, dizendo que eles farão uma nova proposta ao regulador e que esperam fechar um acordo em três meses.

(Reportagem de Clare Jim)