"Carro-tatu" sul-coreano dobra para facilitar estacionamento

quarta-feira, 4 de setembro de 2013 11:02 BRT
 

Por Hyunjoo Jin

DAEJON, Coreia do Sul, 4 Set (Reuters) - Com um toque no smartphone, o carro elétrico experimental Armadillo-T, produzido na Coreia do Sul, estaciona sozinho e se dobra quase pela metade, liberando espaço em cidades congestionadas.

O estranho carrinho de dois lugares tem uma carcaça articulada que lembra um tatu ("armadillo", em inglês). Ele é parte de uma tendência voltada para a produção de veículos ambientalmente corretos para espaços urbanos, mas talvez nunca seja fabricado em grande escala.

O Armadillo-T tem autonomia para percorrer cem quilômetros após receber dez minutos de carga, e sua velocidade máxima é de 60 km/h.

Na hora de estacionar, a traseira se dobra sobre a parte da frente, reduzindo o comprimento do veículo a 1,65 metro, pouco mais de metade do que quando aberto.

"Eles podem ser estacionados em cada canto da rua e em prédios, seja em apartamentos, shopping centers e supermercados", disse Suh In-soo, professor do Instituto Avançado de Ciência e Tecnologia da Coreia, responsável pelo desenvolvimento do protótipo.

Suh substituiu os espelhos retrovisores por pequenas câmeras digitais, com imagens mostradas em uma tela no painel. Um sistema baseado na plataforma Windows comunica o carro ao smartphone do proprietário, permitindo a baliza automática. O carrinho não pode circular nas ruas sul-coreanas por não atender a requisitos de segurança.

Um vídeo que demonstra o protótipo já foi visto mais de 780 mil vezes no YouTube (here).