ENTREVISTA-Com novos modelos, Samsung vê recuperação do mercado de TVs

quinta-feira, 5 de setembro de 2013 15:48 BRT
 

BERLIM, 5 Set (Reuters) - A Samsung Electronics, maior fabricante de televisores do mundo, espera uma recuperação do mercado de TVs no segundo semestre, ajudada por uma melhora da economia dos Estados Unidos e pelo lançamento de novos aparelhos de última geração.

Com os preços das TVs LCD caindo em média 15 por cento a cada ano, as principais fabricantes estão acrescentando novos recursos e ampliando as telas que agora têm resolução quatro vezes melhor que os modelos LCD mais baratos de seus concorrentes chineses.

"A primeira metade do ano foi bem difícil para o mercado de televisores. Agora que a economia norte-americana está se recuperando, nós prevemos que a segunda metade será bem positiva ou haverá recuperação", disse o diretor do negócio de TV da Samsung, Kim Hyun-suk, em entrevista à Reuters.

"Teremos novas tecnologias surgindo no mercado, tais como os televisores UHD (Ultra High-Definition)."

Falando paralelamente à IFA, maior feira de eletrônicos da Europa, Kim disse que o foco da Samsung permanecerá no segmento premium, oferecendo modelos mais modernos e preços competitivos.

A Samsung está sentindo a pressão de fabricantes chineses como a TCL, a quinta maior fabricante de TVs do mundo.

A demanda global por TVs LCD subiu 3,7 por cento no segundo trimestre, graças ao crescimento de 29 por cento do mercado chinês. Excluindo a China, os embarques de TVs LCDs caíram 3,5 por cento, com baixa de 14 por cento na Europa e de 9 por cento na América do Norte, segundo a empresa de pesquisa DisplaySearch.

O mercado chinês responde por 27 por cento da demanda global em base unitária, maior que Europa e América do Norte.

APOSTA EM OLED, UHD   Continuação...