Operadora NTT DoCoMo venderá iPhone no Japão, dizem fontes

sexta-feira, 6 de setembro de 2013 14:30 BRT
 

TÓQUIO (Reuters) - A maior operadora de telefonia móvel japonesa NTT DoCoMo deverá começar a vender iPhones ainda este ano, ajudando a Apple a estender seu alcance em um país onde tem mais de três vezes a participação de mercado da rival Samsung Electronics.

A DoCoMo resistiu por muito tempo em ofertar o iPhone para seus 60 milhões de clientes devido a discordâncias com a Apple sobre marca e margens de vendas, mas perdeu participação de mercado para as rivais menores Softbank Corp e KDDI Corp, que têm distribuído o smartphone mais vendido no Japão desde 2008 e 2011, respectivamente.

A DoCoMo deverá começar a vender o iPhone no outono (do hemisfério norte), disseram fontes familiarizadas com o assunto à Reuters. As fontes não detalharam as condições do acordo.

Outras fontes disseram que entre os pontos de atrito entre as duas empresas está a exigência da DoCoMo que seu logotipo fosse impresso em todos os telefones que vende, enquanto a Apple insiste que seus produtos sejam vendidos sem alterações.

Observadores do mercado também especulam que o gigante de tecnologia dos EUA exige que as vendas do iPhone respondam por mais de 50 por cento do total de vendas de celulares de uma operadora, enquanto a DoCoMo tem dito que só está disposta a se comprometer até 20 a 30 por cento.

Questionada sobre o negócio, a DoCoMo disse em um comunicado que não tinha nada para anunciar sobre o assunto. A Apple não pode ser imediatamente contatada para comentar o assunto.