Google oferece novas concessões para evitar multa da UE

segunda-feira, 9 de setembro de 2013 10:09 BRT
 

BRUXELAS, 9 Set (Reuters) - O Google ofereceu novas concessões com o objetivo de encerrar uma investigação de três anos sobre reclamações de que a empresa bloqueia competidores e para evitar uma possível multa de 5 bilhões de dólares, disse a Comissão Europeia nesta segunda-feira.

A nova proposta ocorre dois meses após a Comissão, que é o órgão regulador antitruste da União Europeia, pedir à maior empresa de buscas na Internet mais medidas para diminuir as preocupações de que está bloqueando os competidores, incluindo a Microsoft, em resultados de busca.

"A Comissão recebeu a proposta do Google e está avaliando", disse o porta-voz da Comissão, Jonathan Todd, sem fornecer detalhes.

Segundo o porta-voz do Google Al Verney, "nossa proposta para a Comissão Europeia atende as quatro áreas de preocupação, continuamos a trabalhar com a Comissão para encerrar o casso".

O grupo FairSearch --cujos membros incluem Microsoft e outros requerentes como agência de viagens online Expedia, o site britânico de comparação de preços Foundem e o francês Twenga-- pediu à Comissão para buscar mais feedback dos rivais.

(Por Foo Yun Chee)

 
Logo da Google na entrada do escritório da empresa em Toronto, Canadá, 5 de setembro de 2013. O Google ofereceu novas concessões com o objetivo de encerrar uma investigação de três anos sobre reclamações de que a empresa bloqueia competidores e para evitar uma possível multa de 5 bilhões de dólares, disse a Comissão Europeia nesta segunda-feira. REUTERS/Chris Helgren