No maior mercado do mundo, iPhone "barato" parece muito caro

quarta-feira, 11 de setembro de 2013 13:59 BRT
 

PEQUIM/CINGAPURA, 11 Set (Reuters) - A maior empresa aberta do mundo e o maior país do mundo estão em desacordo sobre o preço de um telefone.

O novo iPhone 5C da Apple será vendido por 4.488 iuanes (730 dólares) na China, quase 200 dólares mais caro que o preço de varejo nos Estados Unidos de 549 dólares, e apenas 800 iuanes (130 dólares) menos que o irmão top de linha, o 5S.

O preço do modelo, que tinha a expectativa de ser mais barato para atrair compradores nos mercados em crescimento, como a China e a Índia, deixou tanto os investidores perplexos como os fãs da Apple na China, um país de 1,4 bilhão de pessoas e o maior mercado de smartphones do mundo.

"Minha estimativa original de preço para o 5C era de cerca de 3 mil iuanes, mas mais que 4 mil iuanes para uma versão econômica pode ser um pouco caro, acho que não posso comprar um", disse o engenheiro químico Liu Donghai, de 25 anos.

A Apple, cujo valor de mercado chega a 449 bilhões de dólares e a coloca no posto de empresa de capital aberto mais valiosa do mundo, revelou os dois novos aparelhos em um evento na sede da empresa em Cupertino, na Califórnia, na terça-feira.

Pela primeira vez, a Apple realizou um evento de lançamento em Pequim horas depois, na quarta-feira, um movimento que ressalta a importância do mercado chinês.

(Reportagem de Paul Carsten e Lee Chyen Yee)

 
Pessoas checam as versões do novo iPhone 5C após evento da Apple em Cupertino, Califórnia. A maior empresa aberta do mundo e o maior país do mundo estão em desacordo sobre o preço de um telefone. O novo iPhone 5C da Apple será vendido por 4.488 iuanes (730 dólares) na China, quase 200 dólares mais caro que o preço de varejo nos Estados Unidos de 549 dólares, e apenas 800 iuanes (130 dólares) menos que o irmão top de linha, o 5S. 10/09/2013. REUTERS/Stephen Lam