"Relíquia dos nossos tempos", servidor do WikiLeaks é vendido por US$33 mil

sexta-feira, 13 de setembro de 2013 14:25 BRT
 

ESTOCOLMO, 13 Set (Reuters) - O servidor usado pela organização pró-transparência WikiLeaks quando esta divulgou documentos secretos em 2010 sobre as guerras dos Estados Unidos no Iraque e no Afeganistão, além de uma quantidade imensa de comunicações diplomáticas foi vendido por 33 mil dólares na quinta-feira.

A empresa de Internet sueca Bahnhof, que hospedava o WikiLeaks à época, vendeu o servidor Dell no eBay.

O presidente executivo da Bahnhof, Jon Karlung, chamou o servidor de "uma relíquia dos nossos tempos" e disse que o comprador não era um cidadão sueco. Os dados contidos no servidor foram apagados, disse Karlung.

"Acredito que esta máquina tenha um valor simbólico muito alto. De certo modo, é um tipo de artefato, um objeto que deixou uma marca na história mundial."

Karlung disse que metade da receita obtida com a venda seria doada à organização de defesa da livre expressão da mídia Repórteres Sem Fronteira e metade à Fundação 5 de Julho, um grupo defensor da liberdade e privacidade na Internet.

O soldado norte-americano responsável por entregar ao WikiLeaks os mais de 700 mil documentos militares e diplomáticos secretos foi sentenciado a 35 anos em uma prisão militar pelo maior vazamento de dados secretos da história dos EUA.

(Por Sven Nordenstam)