HTC demite funcionários nos EUA, ações caem

segunda-feira, 16 de setembro de 2013 15:17 BRT
 

TAIPEI, 16 Set (Reuters) - A HTC demitiu cerca de 20 por cento de sua equipe baseada nos Estados Unidos, numa investida para simplificar suas operações após um período de crescimento, disse a empresa, o que levou suas ações a caírem nesta segunda-feira.

A fabricante de smartphones taiwanesa, que enfrenta dificuldades, afirmou que dispensou 30 funcionários na sexta-feira para "otimizar nossa organização e aprimorar eficiências depois de vários anos de crescimento agressivo".

As ações da empresa caíram 1,44 por cento nesta segunda, um desempenho abaixo da alta de 1,39 por cento do mercado.

A HTC tinha cerca de 150 funcionários nos Estados Unidos --seu maior mercado até o ano passado-- antes das demissões, incluindo alguns executivos de design e marketing. A empresa disse em uma nota que iria "continuar a contratar em áreas estratégicas".

As demissões nos EUA representam uma pequena fração do quadro de 17 mil funcionários da HTC no mundo.

As vendas da HTC caíram 31,5 por cento no ano até agora, na comparação com o mesmo período do ano passado, afetadas por uma escassez de componentes no começo do ano e sua posição no mercado de smartphones topo de linha, que está próximo da saturação.

(Por Clare Jim)