BlackBerry revela o Z30 como seu novo carro-chefe

quarta-feira, 18 de setembro de 2013 09:21 BRT
 

Por Euan Rocha

TORONTO, 18 Set (Reuters) - A BlackBerry lançou seu novo smartphone topo de linha, o Z30, nesta quarta-feira, lutando para conquistar novamente participação de mercado apesar de incertezas sobre seu futuro.

Outrora pioneira no mundo dos smartphones, a BlackBerry declarou no mês passado que estava considerando opções que poderiam incluir até a sua própria venda, em face a vendas decepcionantes dos novos dispositivos que usam o sistema operacional BlackBerry 10.

O Z30, que há muito é objeto de rumores e que foi revelado em um evento em Kuala Lumpur, na Malásia, será o novo dispositivo topo de linha da BlackBerry, tomando a coroa do Z10, um celular menor e que foi lançado no começo deste ano.

O novo celular com tela sensível ao toque, tela de 5 polegadas e processador de 1,7 gigahertz concorrerá com o novo iPhone 5S da Apple, o Galaxy S4 da Samsung e muitos outros dispositivos que utilizam a plataforma Android da Google.

Apesar da empresa ter lançado esforços para tornar seu sistema operacional BlackBerry 10 a terceira maior plataforma para smartphones do mercado, os dados mais recentes do setor indicam que é mais provável que a plataforma Windows Phone, da Microsoft, ocupe essa posição à medida que seus dispositivos continuem a ganhar espaço.

Alguns analistas argumentam que a jogada da Microsoft no começo deste mês de adquirir a divisão de telefonia da Nokia e licenciar suas patentes por 5,44 bilhões de euros representa outro obstáculo à BlackBerry, pois é provável que a gigante de softwares redobre esforços na área de dispositivos móveis.

No entanto, a BlackBerry, que deve relatar seus resultados fiscais do segundo trimestre na semana que vem, aparenta continuar seguindo seu roteiro de lançamentos por agora, mesmo enquanto revisa suas alternativas.

A empresa, que anuncia o Z30 como seu "maior, mais rápido e mais avançado smartphone" até hoje, disse que o dispositivo começará a chegar nas lojas no Reino Unido e em partes do Oriente Médio já na semana que vem.

O smartphone será vendido com operadoras e lojas selecionadas em outras regiões no restante do ano, segundo a empresa, complementando que a disponibilidade e o preço serão anunciados por seus parceiros no momento de seus respectivos lançamentos.