Troca de operadora celular atinge recorde na Espanha

segunda-feira, 23 de setembro de 2013 08:42 BRT
 

MADRI (Reuters) - Um número recorde de clientes de operadoras de telefonia celular da Espanha trocou de empresa em julho, movimento que atingiu grandes companhias como a Telefónica, com a recessão impulsionando usuários a procurar ofertas mais baratas, segundo dados divulgados nesta segunda-feira.

Telefónica e Vodafone perderam clientes para concorrentes menores como Orange, Yoigo e operadoras virtuais, que alugam e vendem capacidade de rede de operadoras estabelecidas.

Em julho, 638.948 clientes mudaram de operadora, alta de quase 50 por cento sobre o mesmo mês em 2012, ajudando a Orange, Yoigo e operadoras virtuais a se aproximarem das gigantes do setor, segundo o órgão regulador do setor, o CMT.

As operadoras estão reduzindo os preços e oferecendo pacotes integrados, incluindo celular, telefone fixo, Internet e televisão, para atrair novos clientes em um momento em que a confiança do consumidor está em baixa. Um em cada quatro trabalhadores da Espanha está desempregado e as vendas do varejo vêm caindo nas comparações mensais pelos últimos três anos.

A Orange detém uma participação de 22,8 por cento no mercado de telefonia móvel, em comparação com 20,9 por cento em julho de 2012, enquanto a fatia da Yoigo aumentou para 6,6 por cento, sobre 5,8 por cento um ano antes. As operadoras virtuais elevaram sua participação para 11,1 por cento em julho, ante 7,8 por cento no mesmo período de 2012.

Já a participação de mercado da Telefónica caiu para 34,4 por cento em julho, ante 37,6 por cento no mesmo mês do ano passado, enquanto a fatia de mercado da Vodafone recuou de 27,9 para 25,2 por cento.

"A forte concorrência entre operadoras móveis impulsionou os números de transferências e novas conexões", afirmou o CMT em um comunicado.