SAIBA MAIS-União de Oi e Portugal Tel cria empresa com receita de quase R$40 bi

quinta-feira, 3 de outubro de 2013 08:53 BRT
 

2 Out (Reuters) - A fusão entre as operadoras de telecomunicações Oi e Portugal Telecom, anunciada na madrugada de quarta-feira, criará uma empresa com receita combinada de quase 40 bilhões de reais e mais de 100 milhões de clientes nos países em que atua.

Considerando os dados de 2012, o faturamento das empresas totaliza 37,453 bilhões de reais, segundo apresentação da Oi enviada à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), enquanto o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) soma 12,77 bilhões de reais.

O anúncio de fusão ocorre cerca de três anos após a entrada da Portugal Telecom no capital da Oi, após vender sua participação na operadora móvel brasileira Vivo em 2010 para a espanhola Telefónica.

ENDIVIDAMENTO

A união das empresas acontece pouco tempo depois de a Oi ter feito grande corte em sua política de dividendos, pressionada por uma dívida líquida de quase 30 bilhões de reais e necessidade de acelerar investimentos no país.

Em apresentação, a Oi informou que a nova empresa terá uma dívida líquida proforma de 41,2 bilhões de reais, com uma relação dívida líquida/Ebitda de 3,3 vezes, o que ainda é considerado alto por analistas.

AUMENTO DE CAPITAL

Segundo os termos do acordo, além da incorporação da Portugal Telecom, haverá um aumento de capital mínimo da Oi de 7 bilhões de reais, "com objetivo de alcançar 8 bilhões de reais, em dinheiro, com vistas a melhorar a flexibilidade do balanço da CorpCo".

As companhias afirmaram que os atuais acionistas da TelPart (Telemar Participações) e um veículo de investimento administrado e gerido pelo BTG Pactual, participarão da operação de aumento de capital com subscrição de cerca de 2 bilhões de reais.   Continuação...