Ações da BlackBerry sobem com interesse de compradores estratégicos

segunda-feira, 7 de outubro de 2013 17:56 BRT
 

TORONTO, 7 Out(Reuters) - As ações da BlackBerry subiam mais de 4 por cento nesta segunda-feira, depois de notícias de um potencial interesse de compradores estratégicos na companhia e da melhor avaliação dada por um analista ao papel da empresa.

As ações subiram para mais de 8 dólares no pregão da manhã na Nasdaq, depois de uma reportagem da Reuters na noite de sexta-feira ter indicado que a canadense está conversando com a Cisco Systems, Google e SAP sobre vender parte de suas ações ou a totalidade dos papéis para estas empresas.

O potencial interesse de compradores estratégicos, junto com a recente queda do preço das ações da BlackBerry, levaram o analista da Macquarie Kevin Smithen a elevar sua avaliação para os papéis da empresa para "neutro", ante "underperform" (abaixo do desempenho do mercado).

Em uma nota para clientes nesta segunda-feira, Smithen disse acreditar que o recente declínio na cotação das ações da empresa para um valor bem abaixo dos 9 dólares oferecidos pela Fairfax Financial Holdings "finalmente atraiu interesse suficiente das gigantes globais de tecnologia".

Fontes também disseram à Reuters que a BlackBerry está procurando sinais de interesse de outros potenciais compradores, como Intel, LG e Samsung.

Não estava claro quais partes iriam oferecer uma proposta. Mas as fontes afirmaram que os potenciais compradores estavam especialmente interessados na segura rede de servidores da BlackBerry e seu portfólio de patentes, apesar de dúvidas sobre o valor dos ativos permanecerem um problema.

Smithen aconselhou os clientes a manterem suas ações até que um acordo seja concluído, observando que as patentes da empresa, sua segura rede e seus contratos de serviço podem ser valiosos para rivais e para empresas de software que têm enfrentado dificuldades para entrar no mercado de celulares corporativos.

Em uma nota separada, o analista da Jefferies Peter Misek disse acreditar que a BlackBerry possa ser vendida em três pedaços, com o seu novo sistema operacional BlackBerry 10 e seu negócio de celulares atraindo o interesse de fabricantes asiáticas como a ZTE ou Lenovo.

Misek acredita que a plataforma BlackBerry Messenger poderia atrair o interesse de empresas como o Google ou o Yahoo, enquanto os negócios corporativos e os ativos de rede poderiam entrar no radar da Cisco, IBM, Hewlett Packard ou Oracle.

(Por Euan Rocha)