Propaganda digital no Reino Unido sobe quase 20% com vídeo em celular

segunda-feira, 7 de outubro de 2013 16:40 BRT
 

LONDRES, 7 Out (Reuters) - As despesas com publicidade na Internet no Reino Unido subiram em quase um quinto no primeiro semestre de 2013, para 3 bilhões de libras (4,85 bilhões de dólares), puxadas por propagandas em vídeo para celulares e marketing em mídias sociais por marcas que estão aproveitando os sinais de recuperação econômica.

Só os gastos com celulares subiram 127 por cento para 429,2 milhões de libras, ante 188,1 milhões no mesmo período do ano anterior, de acordo com um relatório do Internet Advertising Bureau (IAB) na segunda-feira.

A Grã-Bretanha tem liderado a transição da publicidade em mídia impressa e rádio para a web, impulsionada pela grande adoção de banda-larga e a popularidade de smartphones e tablets que podem acessar a Internet mesmo em movimento.

Mais de dois terços dos ingleses possuem smartphones, de acordo com um relatório deste ano da empresa de tecnologia MobiLens.

As marcas que vendem produtos para consumidores como vestuário, alimentos e jóias se tornaram as maiores usuárias de publicidade para dispositivos móveis, quase dobrando sua participação para 26,8 por cento ante os 14,5 por cento anteriores, segundo o IAB.

(Por Li-mei Hoang)