Presidente da HP diz que receitas devem se estabilizar em 2014

quinta-feira, 10 de outubro de 2013 12:23 BRT
 

SAN JOSE, Estados Unidos (Reuters) - A presidente-executiva da Hewlett Packard, Meg Whitman, disse nesta quarta-feira esperar que as receitas se estabilizem em 2014 antes do negócio acelerar novamente em 2015, o que fazia as ações da empresa dispararem.

Os comentários da executiva a analistas diminuíram preocupações sobre o plano de retomada do crescimento da empresa e ajudaram as ações da companhia a recuperar parte das perdas de 20 por cento desde agosto. Na época, Whitman afirmou que não era provável registrar crescimento em 2014.

"O ano fiscal de 2014 será crucial", disse a executiva a analistas reunidos em San Jose, nos Estados Unidos. "No ano fiscal de 2015, também veremos aceleração, e em 2016, uma empresa de liderança da indústria."

Em 2014, "esperamos que o total de receitas se estabilize e comece a gerar novos bolsões de crescimento".

Houve progresso na geração de fluxo de caixa e algumas partes do negócio da HP foram estabilizadas, como a de serviços para empresas, disse a executiva. A empresa gerou um total de cerca de 7 bilhões em fluxo de caixa livre durante o terceiro trimestre fiscal de 2013, disse.

Whitman, que assumiu a HP em 2011 depois de uma tentativa falha de se tornar governadora da Califórnia, herdou uma empresa prejudicada por reviravoltas no conselho de administração e saída de executivos, e uma lentidão na tomada de decisões incapaz de responder rapidamente às mudanças na indústria.