Site iba, da Abril, aposta em assinaturas grátis em tablets para crescer

sexta-feira, 11 de outubro de 2013 18:04 BRT
 

SÃO PAULO, 9 Out (Reuters) - Com a meta de elevar em quase 70 por cento o número de usuários cadastrados até dezembro, o iba, plataforma de conteúdo digital do Grupo Abril, está usando uma estratégia antiga com roupa nova: oferecendo edições gratuitas de revistas por tempo limitado em tablets.

A iniciativa ocorre num momento em que grandes empresas de mídia repensam modelos de negócio, diante do recuo nas vendas em canais tradicionais, em contraste com o crescente acesso a seus conteúdo pela web, fomentado pelo avanço de dispositivos móveis.

Revistas de todas as periodicidades viram sua circulação cair no Brasil no primeiro semestre ante igual período do ano passado. Segundo dados do Instituto Verificador de Circulação (IVC Brasil) o recuo foi de 5,6 cento nas revistas semanais, 6,5 por cento nas quinzenais e 8,8 por cento nas mensais.

No mesmo período, as vendas de tablets mais do que triplicaram no país, chegando a 3,22 milhões de aparelhos, segundo levantamento da empresa de pesquisa do mercado de tecnologia IDC.

"As empresas de mídia do mundo inteiro estão trabalhando em duas frentes de negócio: uma é para manter a posição atual ou crescer com as mídias tradicionais. A outra é para viabilizar negócios em mídias digitais", afirmou José Carlos Sales Neto, presidente do grupo Meio & Mensagem.

O problema, segundo Sales Neto, é que o modelo digital ainda não sustenta as empresas de mídia tradicional, o que demanda estratégias que priorizem o aumento da receita, e não apenas fidelizem os usuários.

O valor obtido com publicidade, principal fonte de receita das empresas, diminuiu 8,7 no primeiro semestre, para 789,6 milhões de reais, segundo dados do projeto InterMeios, elaborado pelo grupo Meio & Mensagem com base em informações fornecidas pelos veículos.

NOVOS TEMPOS

Para o diretor de operações do iba, Ricardo Garrido, o mercado brasileiro de conteúdo digital está só começando e, por isso, a empresa concentra esforços em primeiramente atrair leitores.   Continuação...