Roche irá investir US$880 mi em produção e criar 500 empregos

segunda-feira, 14 de outubro de 2013 14:51 BRT
 

ZURIQUE, 14 Out (Reuters) - A farmacêutica suíça Roche irá investir 800 milhões de francos suíços (880 milhões de dólares) em suas instalações de produção globais ao longo dos próximos cinco anos, criando 500 postos de trabalho, conforme se prepara para a crescente demanda por seus medicamentos biológicos.

A maior fabricante mundial de medicamentos contra o câncer, que emprega cerca de 80.000 pessoas em mais de 100 países, disse nesta segunda-feira que o investimento aumentaria sua capacidade de produção em Penzberg, na Alemanha, na Basiléia, na Suíça, e em Vacaville e Oceanside, nos Estados Unidos.

A expansão mostra a confiança da Roche em seu portfólio de novos medicamentos contra câncer e contraria a tendência de redução de custos por parte de algumas grandes farmacêuticas nas últimas semanas, em resposta à desaceleração do crescimento das vendas.

Na semana passada, a israelense Teva, maior fabricante mundial de medicamentos genéricos em vendas, disse que vai cortar 5.000 empregos, enquanto a Merck & Co planeja reduzir os custos operacionais anuais em 2,5 bilhões de dólares e eliminar mais de 10 por cento de sua força de trabalho.

Muitos dos medicamentos mais promissores da Roche, como o tratamento da artrite RoActemra e os novos remédios contra câncer de mama Kadcyla e Perjeta são biológicos, que ao contrário de drogas químicas são proteínas ou células derivadas de organismos vivos que são difíceis de replicar.

A Roche disse que vai investir cerca de 260 milhões de francos suíços (286 milhões de dólares) nas unidades de Vacaville e Oceanside, criando cerca de 250 novos empregos. Em Penzberg, a empresa vai investir cerca de 350 milhões de francos suíços (385 milhões de dólares), criando cerca de 200 postos de trabalho.

(Por Caroline Copley)