Lenovo assina acordo para avaliar compra da BlackBerry

quinta-feira, 17 de outubro de 2013 20:55 BRT
 

TORONTO, 17 Out(Reuters) - A fabricante de computadores pessoais Lenovo Group Ltd assinou um acordo para examinar os balanços da problemática fabricante canadense BlackBerry Ltd, informou o jornal the Wall Street Journal nesta quinta-feira, citando fontes não reveladas.

Pioneira dos smartphones, a BlackBerry disse em agosto que estava explorando opções que poderiam incluir uma venda.

Uma oferta da empresa chinesa incomodaria o governo canadense, que veta a compra por empresas estrangeiras para assegurar que as companhias locais apoiem o interesse nacional e não ameacem a segurança interna. O ministro da Indústria, James Moore, não quis comentar o assunto.

As ações da BlackBerry oscilaram pouco com a notícia. A BlackBerry, baseada em Waterloo, Ontario, virtualmente inventou o email móvel com seus primeiros pagers de emails, mas perdeu mercado para as rivais.

Seus resultados mais recentes mostraram vendas decepcionantes para uma nova linha de aparelhos que a empresa inicialmente via como uma chave para reconquistar a competitividade.

A BlackBerry recebeu uma oferta de 9 dólares por ação no mês passado de um consórcio liderado pelo maior investidor da empresa, a Fairfax Financial Holdings Ltd, que deseja comprar a BlackBerry por 4,7 bilhões de dólares e fechar seu capital.

Mais cedo neste mês, os co-fundadores Mike Lazaridis e Douglas Fregin disseram que também estavam considerando fazer uma oferta. Outros também estão olhando para os balanços da empresa para decidir se fazem ou não uma oferta, disseram as fontes.

Executivos da Lenovo mais de uma vez expressaram o interesse da companhia em comprar a BlackBerry ou partes da empresa, pois isso impulsionaria os negócios de smartphones da empresa chinesa. Um porta-voz da Lenovo se negou a comentar a reportagem.

(Por Euan Rocha)