Vírus infecta computadores de agência nuclear da ONU

terça-feira, 22 de outubro de 2013 08:07 BRST
 

VIENA, 22 Out (Reuters) - Um software malicioso infectou alguns computadores da agência nuclear da ONU nos últimos meses, mas acredita-se que não houve comprometimento de dados da rede de informática, disse a agência em uma nota confidencial enviada a Estados membros.

A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) desempenha um papel fundamental nos esforços globais para impedir a disseminação de armas nucleares. Entre outras tarefas politicamente sensíveis, a agência investiga as atividades atômicas do Irã.

A AIEA informou, em uma breve nota distribuída na segunda-feira à noite e vista pela Reuters nesta terça-feira, que uma investigação interna concluiu que nos últimos meses ​​alguns computadores operados pela agência foram infectados por um "malware".

Os computadores estavam localizados em áreas comuns da sede da agência em Viena, conhecida como o Centro Internacional de Viena (VIC).

"Acredita-se que dados de drives USB de alguns visitantes do VIC possam ter sido comprometidos, inclusive durante a reunião do Conselho de Diretores e a Conferência Geral, em novembro", disse a nota, referindo-se a duas reuniões dos Estados membros da AIEA no mês passado.

"A investigação indica que nenhum dado da rede da AIEA foi comprometido."

(Reportagem de Fredrik Dahl)