Icahn pressiona Apple a iniciar recompra de US$150 bi imediatamente

quinta-feira, 24 de outubro de 2013 14:18 BRST
 

24 Out (Reuters) - O investidor bilionário Carl Icahn, em uma carta aberta enviada ao presidente-executivo da Apple Tim Cook nesta quinta-feira, instou a Apple a dar início imediatamente a uma oferta pública no valor de 150 bilhões de dólares.

A carta, enviada em conjunto com o novo website de Icahn, o "Shareholders Square Table", surge após Icahn ter recomendado a Cook, há alguns meses, que ele utilizasse os 150 bilhões de dólares em caixa excedente da Apple para recomprar ações da companhia.

Na carta, Icahn revelou que ele detém agora 4,7 milhões de papéis da Apple, um avanço ante o total anterior de 4 milhões. Isso significa que ele detém cerca de 2,5 bilhões de dólares em ações da empresa.

A Apple já está no processo de investir cerca de 100 bilhões de dólares até 2015 em recompras de ações e também pagamentos de dividendos. Icahn, porém, acredita que a Apple deveria ampliar seu programa de recompra de ações gastando 150 bilhões no programa.

Em uma reviravolta em sua proposta, Icahn disse que não irá participar da oferta pública de aquisição.

"Segundo minha tese de investimento, iniciar essa recompra imediatamente teria o resultado final de uma apreciação de 140 por cento dos papéis para os acionistas que escolherem não vender (ações) na oferta proposta", disse Icahn.

(Por Jennifer Ablan)