Dell completa transação para se tornar empresa de capital fechado

terça-feira, 29 de outubro de 2013 15:18 BRST
 

SAN FRANCISCO, 29 Out (Reuters) - A Dell irá deixar a Nasdaq após o fechamento do pregão desta terça-feira, enquanto seu fundador, Michael Dell, e a empresa de private equity Silver Lake completam seu controverso plano de compra da fabricante de PCs em dificuldades.

O fechamento de capital da empresa, que sofreu oposição de grandes acionistas como Carl Icahn, que pediu um preço maior de compra, põe fim a décadas de negociação das ações da Dell em bolsa.

Assim como seus concorrentes, a Dell foi prejudicada com a velocidade do declínio das vendas de PCs globalmente nos últimos anos, enquanto consumidores passaram a gastar mais dinheiro com smartphones cada vez mais poderosos e tablets ultrafinos.

A companhia, que era a maior fabricante de PCs do mundo na última década, viu suas ações caírem de um pico de mais de 50 dólares durante seu período de maior popularidade, em 2000. A operação de compra foi aprovada a um preço de 13,75 dólares por ação, além de um adicional de 0,13 dólar em dividendos especiais.

Michael Dell, que fundou a empresa com seu colega de dormitório em 1984 e a transformou em um modelo de administração de produção de computadores e de cadeia de fornecimento, está agora tentando transformá-la em uma fornecedora de serviços de computação para empresas. É uma guinada tão grande que ele acredita ser melhor realizá-la longe do escrutínio das bolsas.

"Hoje, a Dell entra em um emocionante novo capítulo como uma empresa de capital fechado", disse o presidente da companhia, Michael Dell. "Nossos 110 mil funcionários no mundo todo estão 100 por cento focados em nossos clientes e executando de forma agressiva nossa estratégia de longo prazo para o benefício deles."

(Edição de Leslie Gevirtz)