iPad Air é grande melhoria, porém mais caro que concorrentes--analistas

quarta-feira, 30 de outubro de 2013 12:55 BRST
 

30 Out (Reuters) - A Apple não reinventou a roda com a iPad Air, mas o dispositivo mais fino, mais caro do que muitos de seus concorrentes, é uma grande melhoria de um produto de sucesso, escreveram críticos na terça-feira.

Escrevendo para o Wall Street Journal, Walt Mossberg disse que o iPad Air é o melhor tablet que ele já avaliou.

"Isso não é apenas por ser mais fino, ter design mais leve, mas porque a Apple possui 475 mil aplicativos otimizados para uso no tablet - muito mais do que qualquer outra plataforma de tablet", escreveu Mossberg.

Mossberg afirmou que o novo iPad pesa apenas 1 libra (cerca de 450 gramas), abaixo de 1,4 libra (640 gramas) do modelo anterior, o iPad 4, que está sendo descontinuado.

Ele também disse que o desempenho da bateria do iPad Air tem uma autonomia de 12 horas e 13 minutos, superando informação da Apple.

Damon Darlin do New York Times disse que o gadget é uma delícia de usar, com duas antenas para puxar sinais Wi-Fi mais rápido do que as versões anteriores.

O crítico David Pogue, que recentemente deixou o New York Times para iniciar um novo site voltado ao consumidor no Yahoo, disse que o iPad Air é "um salto fantástico para o futuro" tanto para quem já tem um iPad original e está comprando o novo, como para quem nunca teve um tablet antes.

Pogue disse que o iPad Air é alimentado por um chip A7 de 64 bits, que, segundo a Apple, significa animação mais suave em jogos 3D.

No entanto, todos os três revisores destacaram que o iPad Air é mais caro do que muitos de seus concorrentes.   Continuação...