CIA paga AT&T por fornecimento de registros telefônicos, diz NYT

quinta-feira, 7 de novembro de 2013 15:31 BRST
 

7 Nov (Reuters) - A CIA paga mais de 10 milhões de dólares por ano à AT&T para obter registros de ligações telefônicas relacionadas a investigações no exterior contra o terrorismo, afirmou o New York Times, citando autoridades do governo.

A segunda maior operadora de telefonia móvel dos Estados Unidos está cooperando sob um contrato voluntário, e não sob intimações ou ordens judiciais, segundo o jornal.

A AT&T não confirmou nem negou a reportagem, mas disse que os pagamentos de governos são rotineiros por dados legais.

A reportagem acontece em meio a uma crise política internacional provocada pelos vazamentos de documentos pelo ex-prestador de serviço da Agência de Segurança Nacional dos EUA Edward Snowden, que descrevem como o governo norte-americano obtém dados da Internet e registros telefônicos em escala muito maior do que o previamente conhecido.

Segundo o acordo com a AT&T, a CIA fornece números de suspeitos de terrorismo no exterior e a AT&T vasculha seu banco de dados em busca de registros de chamadas que podem ajudar a identificar os associados estrangeiros, segundo o jornal.

A maioria dos registros de chamadas fornecidas pela AT&T envolve telefonemas de estrangeiros para estrangeiros, segundo o jornal.

(Reportagem de Sruthi Ramakrishnan, em Bangalore, e Alina Selyukh, em Washington)