J&J retira produtos da Amazon.com por disputa sobre vendedores--WSJ

segunda-feira, 11 de novembro de 2013 12:38 BRST
 

NOVA YORK, 11 Nov (Reuters) - A Johnson & Johnson parou de vender alguns de seus produtos pela Amazon.com por acreditar que a varejista não está fazendo o bastante para impedir que vendedores terceiros ofereçam mercadorias danificadas ou vencidas da J&J, noticiou o Wall Street Journal no domingo.

Citando pessoas familiarizadas com o assunto, o jornal disse que a Johnson & Johnson retomou a venda de alguns de seus itens na Amazon.com, mas que os desentendimentos ainda não haviam sido completamente resolvidos.

Em julho, o vice-presidente financeiro da Amazon disse que os negócios gerados por vendedores terceiros perfaziam cerca de 40 por cento dos itens vendidos no segundo trimestre.

A Amazon e a J&J não puderam ser contatadas imediatamente para comentar o caso.

(Por Michael Erman)

 
Caixa da Amazon.com é fotografada na cidade de Golden, nos Estados Unidos. A Johnson & Johnson parou de vender alguns de seus produtos pela Amazon.com por acreditar que a varejista não está fazendo o bastante para impedir que vendedores terceiros ofereçam mercadorias danificadas ou vencidas da J&J, noticiou o Wall Street Journal no domingo. 23/07/2008. REUTERS/Rick Wilking