Bolsas dos EUA apresentam plano para evitar interrupções no pregão

terça-feira, 12 de novembro de 2013 16:19 BRST
 

NOVA YORK, 12 Nov (Reuters) - As bolsas de ações e opções norte-americanas disseram nesta terça-feira ter fechado um acordo geral para fortalecer as bolsas depois que reguladores federais ordenaram a tomada de novas medidas após a interrupção de três horas do pregão da Nasdaq em agosto.

Bolsas incluindo a Bolsa de Nova York, operada pela NYSE Euronext, e Nasdaq OMX disseram ter chegado a um acordo sobre o momento e a natureza de determinadas propostas de regulamentação, incluindo regras destinadas a proteger os processadores de informação que divulgam cotações de valores mobiliários para investidores.

As bolsas receberam um prazo de 60 dias a contar do encontro realizado em 12 de setembro no prédio da Securities and Exchange Comission (SEC), em Washington, com a presidente do regulador dos mercados norte-americanos, Mary Jo White, para apresentar as propostas.

Foi pedido que as bolsas chegassem a uma série de reformas em cinco áreas, incluindo um mecanismo para interromper as negociações quando houver problemas e um novo sistema de testes e de protocolos para os processadores de valores mobiliários, conhecidos como SIPs.

Problemas com um SIP foram responsáveis pela falha na Nasdaq, depois que um bug no software o impediu o processador de divulgar as cotações.

A presidente da SEC se recusou a comentar detalhes do acordo, dizendo que ainda precisaria verificar as propostas das bolsas. Mas reiterou a importância de se seguir adiante com o tema.

"Conseguimos um bom avanço", disse. "Espero que hoje tomemos alguns passos concretos para implementar todas as cinco áreas sobre as quais conversamos."

As bolsas, conhecidas como organizações de autorregulação (SROs, do inglês), também não deram detalhes sobre as propostas, que serão alvo de consulta pública e aprovação da SEC.

As SROs têm responsabilidades legais de autorregular os mercados e garantir que seus membros cumpram as regras federais.

(Por Herbert Lash)