Empresas chinesas de Internet dizem que vão processar o Baidu

quarta-feira, 13 de novembro de 2013 12:40 BRST
 

PEQUIM, 13 Nov (Reuters) - Um grupo que inclui as companhias chinesas de Internet Tencent Holdings e Sohu.Com, além de um órgão importante da indústria cinematográfica dos Estados Unidos disse nesta quarta-feira que está buscando indenização de 300 milhões de iuanes (49,2 milhões de dólares) do Baidu e outras empresas, por violação de direitos autorais.

O grupo, que também inclui a Youku Tudou, o Dalian Wanda Group e a Motion Picture Association of America (MPAA), afirmou em um comunicado que o Baidu e outras empresas estavam usando um processo automatizado para obter conteúdo de outras companhias.

O Baidu não foi encontrado imediatamente para comentar.

(Por Paul Carsten e Redação em Pequim)

 
Chefe executivo da Youku-Todou, Victor Koo, chefe executivo da Sohu, Charles Zhang, e vice-presidente da Tencent, Seng Yee Lau, durante lançamento de campanha contra a violação de direitos autorais, em Pequim. Um grupo que inclui as companhias chinesas de Internet Tencent Holdings e Sohu.Com, além de um órgão importante da indústria cinematográfica dos Estados Unidos disse nesta quarta-feira que está buscando indenização de 300 milhões de iuanes (49,2 milhões de dólares) do Baidu e outras empresas, por violação de direitos autorais. 13/11/2013. REUTERS/Kim Kyung-Hoon