América Móvil descarta aquisição hostil da Telekom Austria--mídia

quinta-feira, 14 de novembro de 2013 14:21 BRST
 

VIENA, 14 Nov (Reuters) - A América Móvil não planeja uma tentativa de aquisição hostil sobre a Telekom Austria, da qual detém 23 por cento de participação, disse seu presidente-executivo a uma revista austríaca.

"Você pode esperar muita coisa de nós, mas nada hostil", disse Daniel Hajj à revista News em uma entrevista publicada nesta quinta-feira. "Não adquirimos nossa participação na Telekom Austria para assumir o controle".

Hajj disse ver o governo austríaco, que detém 28 por cento da Telekom Austria, como um parceiro, e que os dois determinarão a estratégia da companhia em conjunto.

Ele acrescentou que a América Móvil não estava feliz com o 1,03 bilhão de euros (1,38 bilhão de dólares) que a Telekom Austria terá de pagar após um leilão por frequências austríacas de telecomunicações, e vê um aumento de capital na empresa austríaca como "muito provável".

Hajj disse que a América Móvil permanecerá como uma "parceira estável" no caso de haver um aumento de capital. Ele não disse se a América Móvil manterá ou aumentará sua participação.

(Por Georgina Prodhan)