Vivendi diz que futuro da GVT após cisão ainda será avaliado

quinta-feira, 14 de novembro de 2013 17:20 BRST
 

PARIS, 14 Nov (Reuters) - O diretor financeiro da Vivendi, Philippe Capron, disse que a nova administração do grupo de atividades de mídia terá de decidir se manterá a unidade brasileira de telecom GVT.

A companhia está seguindo em frente com um plano de cisão em meados do ano que vem para isolar sua unidade francesa de telecom, deixando um negócio basicamente de mídia para trás, com a operadora de TV paga Canal Plus e o Universal Music Group, assim como a GVT.

"A administração do novo grupo de mídia vai precisar de uma nova história e de uma estratégia, e vão ter que decidir como a GVT se encaixa nisso", disse Capron. "Não podemos responder isso agora."

Capron acrescentou que por enquanto a Vivendi não estava procurando nenhuma venda da GVT e estava apoiando totalmente sua direção e seus planos de desenvolvimento.

(Por Leila Abboud e Gwenaelle Barzic)