Base de telefonia móvel no Brasil sobe 0,62% em outubro para 269,92 mi

terça-feira, 19 de novembro de 2013 13:54 BRST
 

SÃO PAULO, 19 Nov (Reuters) - A base de usuários de telefonia móvel voltou a crescer em outubro depois de ter recuado em setembro, com a adição de 1,66 milhão de linhas, ou 0,62 por cento, para um total de 269,92 milhões de assinaturas, informou a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) nesta terça-feira.

A banda larga móvel teve um crescimento mais expressivo, com a adição de 4,33 milhões de acessos em outubro, para 92,64 milhões. Apesar de ter participação ainda restrita, a banda larga móvel 4G teve um avanço 32 por cento, para 730,57 mil terminais.

Do total de linhas ativas de telefonia móvel em outubro, os acessos pré-pagos totalizavam 212,1 milhões, ou 78,58 por cento do total, enquanto os pós-pagos somavam 57,82 milhões, ou 21,42 por cento, um crescimento ante a participação de 21,22 por cento registrada em setembro.

A Vivo permaneceu na liderança do mercado em outubro, com uma fatia de 28,67 por cento, um leve crescimento ante a participação de 28,56 por cento no mês anterior, e totalizando 77,375 milhões de acessos.

Em segundo lugar aparece a TIM, com fatia de 27,11 por cento do mercado, abaixo dos 27,17 por cento registrados em setembro, enquanto a Claro, no terceiro lugar, viu sua participação somar 25,16 por cento, praticamente estável ante os 25,14 por cento no mês anterior.

Por fim, a Oi aparece em quarto lugar em participação de mercado, com fatia de 18,56 por cento, 0,08 ponto percentual abaixo da registrada um mês antes, informou a Anatel.

(Por Roberta Vilas Boas)

 
Um taxista usa um aplicativo em seu smartphone no Rio de Janeiro. A base de usuários de telefonia móvel voltou a crescer em outubro depois de ter recuado em setembro, com a adição de 1,66 milhão de linhas, ou 0,62 por cento, para um total de 269,92 milhões de assinaturas, informou a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) nesta terça-feira. 15/04/2013 REUTERS/Ricardo Moraes