Em novo julgamento de patentes, Apple faz discurso final contra Samsung

terça-feira, 19 de novembro de 2013 16:50 BRST
 

Por Dan Levine

SAN JOSE, 19 Nov (Reuters) - A Apple argumentou em tribunal nesta terça-feira que a Samsung teria falhado em apresentar evidências significativas para rebater as alegações de que havia usado indevidamente a tecnologia patenteada da fabricante de iPhones.

Na fase de argumentação final em um tribunal federal em San Jose, na Califórnia, o advogado da Apple William Lee disse que a Samsung não havia convocado quaisquer executivos sêniores da Coreia do Sul para testemunhar no novo julgamento entre as duas empresas, enquanto a Apple teria chamado seu vice-presidente de marketing, Phil Schiller.

A Apple e a Samsung estão envolvidas em uma batalha global envolvendo litígios sobre patentes. No ano passado, a Apple recebeu 1 bilhão de dólares depois de convencer um júri de que a Samsung havia copiado vários recursos e detalhes de design do iPhone.

Em março, a juíza distrital Lucy Koh confirmou cerca de 600 milhões de dólares desse veredicto, mas ordenou um novo julgamento sobre o restante do montante, afirmando que o júri anterior havia cometido alguns erros de cálculo.

Durante o julgamento, a Apple pediu ao júri 379,8 milhões de dólares, enquanto a Samsung alegou que deveria arcar com 52,7 milhões de dólares.

A gigante sul-coreana, cujos smartphones utilizam o sistema operacional Android, do Google, deve apresentar seus argumentos finais ainda nesta terça-feira.