Intel vai expandir negócio de fabricação por contratos, diz presidente

quinta-feira, 21 de novembro de 2013 16:29 BRST
 

SAN FRANCISCO, 21 Nov (Reuters) - O presidente-executivo da Intel, Brian Krzanich, disse nesta quinta-feira que planeja expandir o negócio de fabricação por pequenos contratos da empresa, abrindo caminho para que mais produtoras de chips entrem no mercado.

Em um momento em que a Intel está bastante atrás de rivais no negócio de fabricação de chips para smartphones e tablets, muitos participantes do mercado pediram que a companhia expanda seu negócio de fabricação por contratos --que, atualmente, tem um impacto pouco significante na receita-- e para abrir suas fábricas para que clientes produzam chips para dispositivos móveis.

"Vamos muito mais longe. Se podemos utilizar nosso silício para fornecer a melhor tecnologia em computação, faremos isso", disse Krzanich a analistas.

Em sua primeira reunião anual com investidores após assumir como presidente-executivo em maio, Krzanich disse que a desaceleração da indústria de computadores pessoais, principal mercado da Intel, está dando sinais de ter chegado ao fim.

"Nossa visão é de que ela está recuando, mas começando a dar sinais de estabilização", disse.

Krzanich disse que, durante seu mandato como presidente-executivo, a Intel melhorou sua oferta de chips para fabricantes de tablets e prometeu quadruplicar o número de tablets com chips da Intel em 2014.

(Por Noel Randewich)