Twitter adota medida para dificultar espionagem sobre usuários

sábado, 23 de novembro de 2013 12:53 BRST
 

23 Nov (Reuters) - O Twitter Inc afirmou que implementou uma tecnologia que dificulta a espionagem sobre seus usuários, e pediu que outras empresas ligadas à Internet façam o mesmo, enquanto os serviços web buscam impedir que agências de espionagem dos governos espionem os internautas.

O serviço de mensagens online, que começou a bloquear as comunicações em 2011, usando criptografia tradicional HTTPS, afirmou na sexta-feira que acrescentou uma nova camada de proteção ao HTTPS conhecida como "forward secrecy".

"Há um ano e meio, o Twitter foi o primeiro a operar completamente por HTTPS", afirmou a companhia em um post no site. "Desde então, ficou cada vez mais claro o quão importante essa medida foi para proteger a privacidade dos nossos usuários."

A decisão do Twitter é a mais recente de uma série de ações tomadas pelas empresas de Internet nos EUA após Edward Snowden ter revelado como programas do governo norte-americano espionam os usuários da rede mundial de computadores.

O Facebook Inc, o Google Inc, a Microsoft Corp e o Yahoo Inc reclamaram publicamente de que o governo não permite que eles divulguem as ações de coletas de dados pessoais. Algumas dessas empresas adotaram novas tecnologias para proteger a privacidade dos usuários.

(Reportagem de Jim Finkle)